A Semana em voo picado: De Miguel Oliveira ao Congresso do PCP…

Num Pais entre a anestesia da celebração e a ansiedade do confinamento!

Hoje inauguro uma serie de textos que publicarei às segundas e onde farei um “voo picado” sobre a semana anterior… Espero que gostem… Mas, sobretudo, espero que se animem a comentar e a contrapor com os vossos pontos de vista! 

Venham daí as vossas ideias!

Na segunda-feira acordamos a recuperar da alegria de ter visto um Português a ganhar, em casa, um Grande Prémio de Moto GP! Depois de, no sábado, ter feito a sua primeira “pole position” Miguel Oliveira arrancou na frente para não dar qualquer hipótese á concorrência, e vencer, sem espinhas, no Algarve… 

“Chapeau mon ami” Miguel Oliveira… não nos conhecemos, mas permite-me que te trate assim… O teu feito é enoooorme… Mas maior será o teu futuro com toda a certeza…

Na terça-feira a imprensa dá conta de que Donald Trump teria dado luz verde para iniciar transição de poder para Biden… Uma Excelente notícia para o mundo… Mas sobretudo uma excelente notícia para os EUA.

Aqui neste retângulo, á beira mar plantado, Marcelo marca eleições para 24 de Janeiro com eventual segunda volta a 14 de Fevereiro… quanto á data nada tenho a dizer… mas, enquanto emigrante, apelo a que se torne possível o voto por correspondência para os Portugueses residentes no estrangeiro. Num contexto em que, todos estamos com a nossa mobilidade condicionada, não se compreenderia que os 2,3 milhões de Portugueses, que vivem fora do seu país, se vissem impedidos de participar na escolha do seu presidente!

Quarta-feira o mundo é surpreendido com a morte de Diego Armando Maradona! O homem parte, mas o ídolo permanece… Eu, que tive o privilégio de testemunhar o seu génio, daqui lhe presto a minha homenagem… Diego não era só um jogador de futebol… Maradona era “o jogador” de futebol!… 

Esta quarta-feira depois da triste noticia da sua morte, mostrei ao meu filho, pela n-ésima vez, os vídeos de algumas das suas jogadas mais impressionantes… Mas ele não foi capaz de as entender! Disse-me que os defesas do seu tempo é que eram maus e que hoje aquelas jogadas seriam impossíveis… 

Desculpa-me, filho, mas não podias estar mais enganado… Maradona enfrentou alguns dos defesas mais impressionantes da história do futebol, como Maldini ou Baresi!… 

Aquela ilusão de que os jogadores saiam da frente para ele jogar era todo o génio de um jogador inigualável… Maradona seria Maradona ontem, hoje e sempre… O melhor que alguma vez vi jogar!

Na quinta-feira confirmamos o que há muito já sabíamos, o PCP viabiliza o Orçamento de Estado abstendo-se… O BE vota contra!  A geringonça segue… como um triciclo que acaba de perder uma roda… mas segue! Apesar de tudo, uma boa noticia para governo… o tempo dirá se é uma boa noticia para o País!

Ainda no mesmo dia temos mais um episódio da novela “Novo Banco” com o PSD a votar, ao lado da esquerda, a retirada da autorização para a transferência de cerca de 476 milhões de euros para o Banco. 

António Costa dramatiza como seria de esperar… Rui Rio diz que Costa pode sempre apresentar um orçamento retificativo!

A mim parece-me que os dois estão errados…

Costa está errado pois não pode esperar que seja o PSD a aprovar aquilo que os seus parceiros lhe recusam! Foi ele que escolheu os seus parceiros… 

Rio está errado pois este chumbo é um grande tiro no pé… Ao votar junto com a esquerda, o PSD junta-se á lista de partidos que consideram aceitável o estado “rasgar” contratos assinados com outras entidades, sejam elas públicas ou privadas!

Com esta decisão Rio e o PSD, perdem uma das áreas em que se diferenciavam do PS e da esquerda!

Sexta-feira a imprensa dá-nos conta de que o primeiro esboço do plano de vacinação contra a covid-19, apresentado pela DGS, deixa os mais idosos no fim da lista de prioridades… 

António Costa foi rápido a reagir através da rede social Twiter: “Há critérios técnicos que nunca poderão ser aceites pelos responsáveis políticos. Não é admissível desistir de proteger a vida em função da idade. As vidas não têm prazo de validade.”

Fez bem o PM… mas fica a duvida se esta posição se deve a bom senso ou a pressão mediática!… Fica, ainda, a dúvida sobre o porquê daquela proposta ter chegado a estar em cima da mesa! Quem sabia da mesma? Estava a ministra informada? Um secretário de estado?… Porque será que os peritos escutados sentiram necessidade de quebrar o sigilo para forçar uma mudança de posição? 

Enfim… como disse… fica a dúvida!

O Sábado vem com mais uma notícia triste… Victor Oliveira, o senhor subidas de divisão, morre depois de se ter sentido mal durante uma caminhada…

Seguem-se testemunhos de colegas e amigos… todos enaltecendo não só a sua qualidade técnica (inquestionável) mas, sobretudo, as suas qualidades como homem… Por mim fica a sensação de que o futebol nacional perde um homem que lhe fazia falta: Um profissional de excelência… que se preocupava mais com o ser do que com o parecer… um dos poucos que valia a pena ouvir pela frontalidade e honestidade, mas sobretudo pelo muito que se podia aprender com ele…

Fica a bonita homenagem da liga de Clubes que imortalizará o seu nome no troféu de treinador do mês e de treinador da época… “Respect” Sr. Pedro Proença!

No domingo tivemos o encerramento do congresso do PCP… Um congresso polémico… Um congresso que valeu duras críticas a António Costa por permitir que acontecesse!

Do meu sofá entendo que António Costa não tinha muito que fazer! Primeiro o PCP não está a infringir a lei… segundo, alterar a lei seria legislar “ad hominem”… 

Mas dito isto… creio que Jerónimo de Sousa e o PCP poderiam, e deveriam, ter feito alguma coisa… Não está em causa o cumprimento das normas durante o congresso… está em causa o sinal dado pelo PCP de que o seu congresso é mais importante que a vida dos portugueses!

Do congresso fica o aviso de Jerónimo a António Costa de que uma não será possível uma alternativa política sem o PCP… Mas Jerónimo não fica por aqui… No seu discurso de encerramento reafirma a “natureza e identidade de um partido comunista, Marxista-Leninista, portador de um ideal e projecto comunistas” … Afirmando ainda que é possível “uma política alternativa assente na afirmação da soberania nacional liberta dos constrangimentos externos e da submissão à união europeia e ao seu colete de forças”…

Ora, nada disto surpreende, mas fica a questão sobre se serão estas linhas orientadoras, compatíveis com um governo Socialista,  Democrático, Europeu e internacionalista?

Que vos parece?

Gostou do que leu? Então, ajude-me a crescer seguindo este Blog e partilhando nas redes sociais!

#ASemanaEmVooPicado; #PoliticaPortugal; #ActualidadePolitica; #SociedadePortugal; #DemocraciaParticipativa

Publicado por Hugo Barbosa

Empenhado em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrei!

2 opiniões sobre “A Semana em voo picado: De Miguel Oliveira ao Congresso do PCP…

  1. Hugo,

    A determinada altura, dizes:

    -“apelo a que se torne possível o voto por correspondência para os Portugueses residentes no estrangeiro.”

    …..Atrevo-me a sugerir, perguntando….e porque não também, para os portugueses que, por uma ou outra razão,não podem sair de casa para exercer o seu direito ao voto, acto tão importante??!

    Beijinho
    T. Evinha

    Gostar

    1. Nao podia estar mais de acordo… o meu apelo em especifico para os residentes no estrangeiro prende-se com a minha perplexidade pelo facto de essa opção ter existido nas ultimas legislativas e nao existir agora para as presidenciais!… Mas claramente que a opção devia estar disponível para todos.

      Gostar

Deixe uma Resposta para Hugo Barbosa Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: