A Semana em voo picado: Eleições e confinamento num puzzle de difícil resolução!

O tema das presidenciais está, como é natural, na ordem do dia e, logo na segunda-feira, foram publicados os dados do último barómetro da Aximage para o DN, o JN e a TSF, dando a Marcelo uma vitória na primeira volta com 61,4%… o mesmo estudo coloca Ana Gomes em segundo lugar com 15,4%. A seguir aparecem André Ventura com 8% e João Ferreira com 7,5%, naquele que seria um resultado positivo para o candidato comunista… Marisa Matias segue em quinto lugar com 5,6% e Tiago Mayan em sexto com 1,1%… Vitorino Silva nem sequer aparece no estudo o que não deixa de ser estranho dado os mais de 150 mil votos que teve em 2015.

Claro que estes são dados recolhidos cerca de 3 semanas antes das eleições e que, até lá, muita coisa pode mudar sobretudo no que toca á luta pelo segundo lugar onde André Ventura promete dar boa luta a Ana Gomes!

Ainda na segunda-feira, o Presidente da República e o Governo confirmam o que já haviam anunciado na semana anterior, a renovação do Estado de emergência por apenas 8 dias de modo a que possamos esperar pela reunião de especialistas no dia 12 e, então, definir as condições de emergência com que vamos enfrentar esta terceira vaga.

Na terça-feira o Jornal de Negócios dá-nos conta do alerta da Banca de que, a proposta de lei do Governo, em discussão no Parlamento, que prevê que a execução de penhoras de depósitos bancários para recuperação de dividas fiscais possa ser feita de forma automática com os bancos a transferirem os valores de imediato para a autoridade tributária, pode resultar em penhoras simultâneas da mesma divida…

Bem sei que muitos podem ler esta notícia e entenderem que se trata de um problema de fácil solução… uma vez que bastaria ao Estado devolver os valores pagos indevidamente!… No entanto… como conhecemos a “forma expedita” como o estado costuma cumprir com este tipo de obrigações… me parece que este é um risco que não se deveria aceitar… a ver vamos! 

Ainda na terça-feira António Costa emite um comunicado em que manifesta a sua “total confiança” na ministra da Justiça, numa altura em que se conhecem mais detalhes sobre o polémico concurso que elegeu José Guerra como procurador europeu. Neste comunicado António Costa sustenta que os “lapsos” no currículo de José Guerra não tiveram peso na escolha final do mesmo… Pois… a mim parece-me que mais valia o primeiro ministro estar quieto!…  Pouco me interessa saber se as mentiras tiveram ou não peso… eram mentiras… e ao que tudo leva a crer houve, no mínimo, uma incúria inexplicável da Sra Ministra que já não devia estar em funções!

Na quarta-feira foi aprovada, pela autoridade Europeia, a vacina para a COVID-19 da farmacêutica Norte-Americana Moderna!… Trata-se da segunda vacina a receber autorização para utilização na Europa, tendo demonstrado níveis de eficácia de 94,1%, e constitui-se como mais uma excelente notícia para a luta contra esta pandemia…

Espera-se ainda, para breve, a aprovação de mais uma vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em conjunto com a farmacêutica britânica AstraZeneca, também ela essencial para que tenhamos disponibilidade de doses suficientes para atingir um nível de imunidade de grupo significativa a médio prazo.

Mas a notícia mais relevante de quarta-feira foi a infame invasão do Capitólio, em Washington DC, por manifestantes pró-Trump. Com vista a impedir a certificação dos resultados das últimas eleições presidenciais que deram a vitória a Joe Biden. 
Os invasores conseguiram entrar no Capitólio… mas, felizmente, o seu objectivo foi falhado… e na mesma noite a certificação dos resultados eleitorais acabou aprovada conforme previsto!… As reacções de condenação chegaram de todos os quadrantes políticos com o antigo presidente Republicano George W. Bush a declarar que: “Isto é como os resultados eleitorais são disputados na república das bananas – não na nossa república democrática”.

Daqui do meu sofá peço à providência, que os eleitores em Portugal entendam o significado deste episódio e o perigo que representam discursos populistas e antidemocráticos como os de Trump… nós não estamos a salvo!

Na quinta-feira começa a ficar claro que os números da pandemia estão, efectivamente, a piorar de forma substancial e que o SNS está a chegar perto da linha vermelha. Perante este cenário, os Especialistas defendem medidas severas para confinamento e avisam que a mortalidade pode agravar-se mais se os idosos não forem, rapidamente, vacinados.

No mesmo dia a imprensa dá-nos conta dos efeitos da pandemia nos doentes não COVID-19, com a notícia de que um terço dos doentes em lista de espera para cirurgia já ter visto o prazo recomendado ser ultrapassado!… 

Na verdade… se antes do verão Portugal conseguiu passar de forma mais ou menos indolor o pico da primeira vaga, começamos a ter agora razões para nos preocuparmos com os próximos meses!…

É, por isso, essencial que todos entendamos que temos uma responsabilidade… é verdade que temos a vacina… mas a disponibilidade da vacina não é suficiente para vencermos esta guerra… é sim, a vacinação efectiva de uma percentagem significativa da nossa população!… 

Só que, este é um processo lento, que levará vários meses… e que exige que nos mantenhamos disciplinados e a seguir todas as recomendações da DGS de modo a manter o número de novos contágios tão baixo quanto possível.

Antes do fecho do dia, António Costa volta ao tema da Ministra da Justiça e acaba por acusar 3 dirigentes do PSD (Rangel, Poiares Maduro e Ricardo Baptista Leite) de encenarem uma campanha para denegrir Portugal…

Daqui do meu sofá ainda pensei que tinha ouvido mal… António Costa não podia ter feito isto!… O que contribui para a má imagem de Portugal são as mentiras que o Governo Português permitiu que seguissem, em carta, para Bruxelas!… Não é a exigência de responsabilidades por estas mentiras!… Enfim…

Na sexta-feira o PSD anunciou que vai apresentar uma queixa-crime contra o primeiro-ministro, por causa da sua acusação a Paulo Rangel, Miguel Poiares Maduro e Ricardo Baptista Leite de liderarem uma campanha contra Portugal… Não sei se isto é matéria criminal… mas concordo que o PSD não podia ficar quieto!

Ainda na Sexta-feira são publicados os resultados de uma nova sondagem da Pitagórica para o Observador e a  TVI… Uma vez mais, Marcelo surge destacado em primeiro lugar, desta vez com 67,9% das intenções de voto… 

A novidade desta sondagem é o empate técnico entre André Ventura e Ana Gomes com 11,4% cada um… Marisa Matias surge em quarto com 4,3%, João Ferreira em quinto com 2,6%, seguido de Tiago Mayan com 2,1% e Vitorino Silva com 0,4%…

Já vos tinha dito que não estamos a salvo?

No Sábado as previsões de que alguns hospitais estariam próximos do vermelho confirmam-se com os Hospitais da zona de Lisboa e Vale do Tejo a esgotar a sua capacidade de resposta para doentes COVID-19. 

Má notícia… mas que não se pode dizer que tenha sido uma surpresa!

Para já ainda foi possível encontrarem-se alternativas para transferir estes doentes para outros hospitais!… assim, volto a insistir na responsabilidade de todos, para que consigamos conter novos contágios… FIQUEM EM CASA, POR FAVOR!

Num outro tópico, depois de na sexta-feira a CNE ter dado indicações, às juntas de freguesia, para que fizessem os utentes dos lares se deslocarem às mesas de voto, Marcelo anuncia que irá assinar um decreto presidencial que equipará os lares à situação de isolamento profilático, tornando possível que sejam as mesas de voto a deslocarem-se aos lares!… O meu aplauso Sr. Presidente!

No domingo ficamos a conhecer as medidas e recomendações excecionais para que possamos votar em segurança no dia 24 de janeiro…

Em resumo teremos quase 3 mil mesas de voto adicionais, alargamento do voto antecipado e introdução do voto porta a porta…

Para votar antecipadamente será necessário a inscrição até ao dia 14 de Janeiro através do site (www.votoantecipado.mai.gov.pt) ou via postal para o Ministério da Administração Interna.

O voto porta a porta serve para permitir o voto a todos os que se encontrem em confinamento obrigatório devido à COVID-19… para o efeito é necessário efetuar o pedido, no site da Secretaria Geral do MAI ou nas juntas de freguesia através de representante, para votarem a partir de casa entre 14 e 17 de janeiro. Para saber mais consultar em: https://multimedia.expresso.pt/presidenciais2021/

E assim termina mais uma semana…

Gostou do que leu? Então, ajude-me a crescer seguindo este Blog e partilhando nas redes sociais!

#ASemanaEmVooPicado; #PoliticaPortugal; #ActualidadePolitica; #SociedadePortugal; #DemocraciaParticipativa

Publicado por Hugo Barbosa

Empenhado em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrei!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: