A Semana em voo picado: É o Confinamento, Zinho!…

Na segunda-feira ficamos a saber que um documento a que a RTP teve acesso e que atribuía a José Guerra a participação na fase de investigação do processo UGT assim como a chefia de uma secção do DIAP de Lisboa, fizeram mesmo parte da fundamentação para validar o seu nome como procurador europeu.

Não ouvi mais nenhuma reacção por parte do Governo!… O que é pena!… Este é um tema demasiado grave para ficar por aqui! Não fosse a oposição tão fraquinha e a história seria outra!

“Cadeias de transmissão sem controlo” é o título que faz manchete do DN… nada que todos já não tivéssemos percebido… o confinamento parece, assim, tornar-se inevitável!… Tudo parece indicar que esta decisão será tomada na quarta-feira!… O que me faz espécie, é porque estamos à espera de quarta-feira para anunciar o inevitável!… 

Sim, já sei!… A reunião com os especialistas é na Terça-feira… e nela teremos novos dados!… E daí?… Não temos já dados que cheguem para tomar medidas?… Creio que vamos pagar esta espera!… A ver vamos!

Ainda na Segunda-feira Marta Temido, Ministra da Saúde, admite requisição civil sobre os hospitais privados de forma a aumentar o número de camas disponíveis no combate à COVID-19!… A esquerda entrou em êxtase!… Mas, como é obvio, a montanha vai, uma vez mais, parir um rato!… Está certa a intenção de utilizar toda a capacidade instalada no país… mas uma requisição civil não se faz assim… e não se faz assim quando se tratam de trabalhadores em greve… como não se faz assim quando se tratam de empresas a prestar o serviço para o qual foram criadas!… pelo menos não numa democracia liberal… 

Na terça-feira chegou a tão esperada reunião com os especialistas para aferir a situação epidemiológica do país!… E as notícias não podiam ser mais claras… a situação é grave e está descontrolada!… Segundo os especialistas, mesmo com confinamento, o número de casos continuará a subir até aos 14.000 por dia… sendo que, sem confinamento os números disparariam para mais de 37.000 casos diários!

Assim… como se esperava… o confinamento torna-se mesmo inevitável cabendo agora ao governo definir os termos do mesmo…

Depois de, no debate das presidenciais de terça-feira, se terem trocado opiniões quando à possibilidade de se adiarem estas eleições, o conhecido constitucionalista Jorge Miranda vem, na quarta-feira, confirmar que é demasiado tarde para isso… ao mesmo tempo que desdramatiza dizendo que “se as pessoas podem ir às compras também podem ir votar”… Pois eu não podia estar mais de acordo… não no que diz respeito à possibilidade de adiar as eleições, que eu não sou jurista!… Mas convenhamos… que não seja o confinamento a afastar-nos das urnas! 

Como se esperava António Costa anuncia um novo confinamento geral a entrar em vigor a partir de 00h00 de sexta-feira!… As medidas anunciadas são praticamente iguais às de Março/Abril, com excepção para as escolas que se manterão abertas… No mesmo dia, Marcelo renova estado de emergência por mais quinze dias, de modo a dar cobertura às medidas de confinamento anunciadas pelo Governo.

Novamente me pergunto… estivemos à espera do quê?… de que modo estas medidas foram diferentes do que teriam sido se o novo confinamento tivesse sido anunciado antes da reunião com os especialistas?…

Será que esta espera serviu, apenas, para o governo poder “culpar” os especialistas pelo endurecimento das medidas? A ser assim é muito mau!…

Entretanto, num comício em Portalegre André Ventura decide insultar os seus adversários, nesta corrida para a Presidência da República, numa atitude que não me merece mais nenhum comentário!

No plano internacional o dia é marcado pelo segundo ‘impeachment’ a Trump, por “incitamento à insurreição”. Numa votação histórica a Câmara dos Representantes aprovou a destituição do presidente, com votos de vários destacados republicanos!… Ainda assim esta destituição não deverá passar no senado onde seria necessária uma maioria de 2/3 para que a mesma seguisse em frente!… Fica a vitória simbólica e o significado político que encerra!…

Espero que os Americanos aprendam… e espero que os Portugueses também aprendam!…

Na quinta-feira começamos a saber de algumas diferenças entre este confinamento e o de abril!… Por um lado, é reforçada a obrigatoriedade do teletrabalho… mas por outro são apresentadas 52 excepções em que é permitido quebrar o dever de recolhimento!

Assim, para além de serem permitidas as compras de bens essenciais bem como o acesso a serviços de saúde… passamos a ter um sem número de motivos para, legalmente sair de casa!… A lista é tão “completa” que se torna possível (e até fácil) passar o dia fora de casa sem quebrar as regras de confinamento!… Ideia peregrina me parece!… Estará o governo à espera de controlar o número de contágios com este confinamento(zinho)?

Entretanto o Jornal Económico confirma que o ano de 2020 foi marcado por uma queda abrupta na taxa de crescimento da economia portuguesa!… nada de novo… já o sabíamos… e, desta vez até sabemos porquê!… Espera-se que a retoma se inicie em 20211 mas para isso será necessário que consigamos travar esta pandemia… e sobre este tema, em particular, já estive mais optimista!

Com o confinamento a começar no dia seguinte, o Governo anuncia, ainda na quinta-feira, as medidas com que pretende apoiar a economia em mais este período tão difícil para todos!… Em resumo são anunciados mais apoios… que chegarão ao terreno mais rapidamente… no que parecem ser boas notícias!… E digo parecem… porque bem sabemos como são frequentes as diferenças entre o que se anuncia e o que, efectivamente, chega às empresas e aos trabalhadores!… ficamos à espera!

A Sexta-feira é marcada pelo regresso de José Sócrates á cena mediática num artigo em que critica André Ventura e Ana Gomes… Quanto a Ventura as declarações de Sócrates nem aquecem nem arrefecem… já quanto a Ana Gomes me parece que estas críticas lhe souberam como um bálsamo!… talvez tenha ganho mais votos sem fazer nada do que no conjunto de debates televisivos em que participou!

No mesmo dia encontrei, enquanto navegava ao final do dia, uma entrevista que Adolfo Mesquita Nunes teria dado umas semanas antes… Bem sei que não é uma notícia do dia… mas li, nesta entrevista uma das contribuições mais inteligentes sobre como deve a direita relacionar-se com o Chega num hipotético cenário de um acordo parlamentar futuro… E assim disse: “Se os deputados do Chega forem essenciais para formar uma maioria, a única coisa com que o Chega tem de ser confrontado é: quer viabilizar o Governo da esquerda ou o da direita? Mais nada. E se o Chega quiser viabilizar o Governo da esquerda, desaparecerá poucos dias depois”!2

Tão simples que até dói!… espero que Rui Rio tenha visto a mesma entrevista… e, já agora, que a tenha entendido!…

Na sequência do infame discurso de André Ventura na quarta-feira anterior, assistimos ao nascimento de uma campanha de apoio a Marisa Matias… a campanha #VermelhoemBelem tornou-se viral e a verborreia de Ventura acabou por criar, talvez, a mais eficaz onda desta campanha em favor de uma das suas “inimigas” de estimação… 

Entretanto na Holanda o governo demite-se em bloco na sequência de um erro dos serviços tributários locais que acusaram indevidamente milhares de famílias de fraude em relação a atribuição de abonos para crianças e jovens… Por momentos invejei os holandeses!…

No domingo Marta Temido avisa que “Estamos muito próximos do limite. E os portugueses precisam de saber disso”…

Espero que os Portugueses a oiçam, Sra. Ministra… tenho discordado de si muitas vezes, mas hoje queria agradecer-lhe porque sei que está a tentar fazer o melhor que pode… não a invejo… e gostava que todos a ajudassem!… No mesmo sentido Marcelo Rebelo de Sousa avisou, na visita ao Hospital de Santa Maria, que “Ou a sociedade percebe (e muda os comportamentos) ou os políticos percebem mesmo que têm que ir mais longe”… e eu pergunto… o que esperamos?

Domingo foi, também, o dia em que os portugueses começaram a exercer o seu direito de voto para as próximas presidenciais… no chamado voto antecipado em mobilidade para o qual se inscreveram 246.880 eleitores!… Um número histórico que quadruplicou o observado nas legislativas de 2019.

Muito se tem dito sobre estas eleições… que deviam ter sido adiadas… que as filas, de hoje, nas mesas de voto são um escândalo… etc, etc, etc…

Pois eu digo que as pessoas andam demasiado nervosas e com um problema de foco!… Sim estamos confinados… devemo-lo a muitos factores mas o principal é ao nosso próprio comportamento!… Ainda hoje assisti pela televisão às pessoas que se amontoavam nas praias… nos “passeios higiénicos”… muitos sem mascara… muitos sem distanciamento…

Mas é mais fácil criticar os políticos!… 

Mas é mais fácil publicar fotografias de filas em mesas de voto, onde pessoas, com mascara e com os devidos distanciamentos, esperavam ordeiramente a sua vez de votar!… Tenham paciência!…  Se não querem votar é uma pena… pois o voto é a essência da Democracia… Mas culpem-se a vocês mesmos… não aos políticos… não aos outros!…

Gostou do que leu? Então, ajude-me a crescer seguindo este Blog e partilhando nas redes sociais!

#ASemanaEmVooPicado; #PoliticaPortugal; #ActualidadePolitica; #SociedadePortugal; #DemocraciaParticipativa

  1. https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/infografia-depois-da-tempestade-o-regresso-ao-crescimento-685116#lg=1&slide=0
  2. https://sicnoticias.pt/programas/poligrafo/2020-12-15-Se-o-Chega-quiser-viabilizar-o-Governo-da-esquerda-desaparecera-poucos-dias-depois

Publicado por Hugo Barbosa

Empenhado em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrei!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: