A Semana em voo picado: Negócios a subir… COVID a baixar… e um adeus?

A semana arranca com o Instituto Nacional de Estatística (INE) a dar-nos conta de que o volume de negócios na indústria subiu 15,9% em Março de 2021… Esta subida é feita com resultados positivos tanto no mercado interno 11,2% como no externo 22,9%. Já quanto aos números do emprego o INE regista uma queda de 1,9% o que corresponde a uma melhoria face aos 2,6% observados em Fevereiro!… Números que, sem serem espectaculares, trazem em si alguma esperança! 

Mas Segunda-feira foi também o dia em que foi lido o acórdão do caso Ihor Homeniuk, com o tribunal a considerar que foram as agressões sofridas nas instalações do SEF a provocarem a morte do cidadão ucraniano, embora sem que se tivesse provado que era essa a intenção dos inspectores. Desta forma os três inspectores foram condenados a penas entre os 7 e os 9 anos de prisão por ofensas corporais agravadas podendo cumprir as mesmas em regime de prisão domiciliária!… Confesso que tenho uma dupla sensação quanto a este caso… a primeira positiva dado que, desta vez, a justiça parece ter andado rápido, tendo fechado o caso num tempo que me parece ajustado… a segunda negativa pois não vejo onde está a diferença entre querer matar e matar de facto, sobretudo, num contexto de evidente sofrimento como foi o caso! O que se passou não foi uma morte por atropelamento involuntário… foi uma morte provocada por agressões barbaras, ocorridas dentro de instalações do estado… foi uma morte por tortura seguida de abandono e recusa de socorro com total desprezo pelo sofrimento alheio!…  Ihor Homeniuk, não era meu familiar… nem sequer era meu compatriota… mas era um ser humano que vinha tentar uma vida melhor para si e para os seus, no meu país… e que foi morto por quem  tem a missão de proteger e não de matar!…

Ainda na segunda-feira Santana Lopes anuncia a sua candidatura como independente à presidência da Camara Municipal da Figueira da Foz!… Ele bem disse que iria “andar por aí”!  

Na Terça-feira atingimos mais um marco importante na guerra contra a COVID-19, com quatro milhões de doses de vacinas administradas. De acordo com a task force que coordena a vacinação em Portugal o processo está a ser mais rápido do que o previsto sendo possível que a meta de vacinar os maiores de 60 anos seja antecipada… continuamos, assim, a bom ritmo!

No mesmo, dia o Jornal de Notícias conta-nos que foram submetidos 7.453 requerimentos ao estatuto de cuidador informal sendo que apenas metade foram aprovados!… Sabendo que existem, em Portugal, cerca de 1 milhão de cuidadores informais pergunto-me o que está mal para que tão pouca gente esteja a requerer este estatuto?… Será que, uma vez mais, se legislou para “inglês ver”? 

Ainda na terça-feira o Sporting Clube de Portugal carimba o título de Campeão Nacional de Futebol depois de ganhar ao Boavista por 1:0!… Está, pois, de parabéns o Clube, os seus dirigentes, equipa técnica, jogadores e adeptos!… Foi uma vitoria extraordinária de uma equipa em que quase ninguém acreditava no início do ano!…

Seguiram-se os festejos dos adeptos… como se não houvesse pandemia… mas sobre isto escrevi na ultima quinta-feira no meu habitual artigo de opinião: Link.

Na quarta-feira, o Publico anuncia que o Governo pretende manter o teletrabalho obrigatório, sempre que as funções o permitam e o trabalhador tenha condições para tal, em todo o país até ao final do mês de maio, mesmo que não haja acordo entre as partes. Tendo em conta que é necessário manter todos os cuidados possíveis a mim parece-me uma medida acertada!

Ainda na quarta-feira ficamos a saber, pelo mesmo jornal, que os principais órgãos políticos assim como os órgãos de soberania e o Banco de Portugal, vão ser excluídos do novo regime geral de prevenção da corrupção!… A justificação para isto tem que ver com o facto de estes cargos estarem já sujeitos à obrigatoriedade de apresentação de declarações de interesses de rendimento e património!… A sério? Pois… parece-me “gato escondido com o rabo de fora”… pois a tal “obrigatoriedade” não evitou os casos a que assistimos nos últimos anos! 

Na quinta-feira, recebemos todos a triste noticia da morte da actriz Maria João Abreu, que se encontrava internada, nos Hospital Garcia de Orta, desde 30 de Abril na sequência de um aneurisma cerebral. A Maria João Abreu era uma artista maiúscula no nosso panorama artístico nacional… para além disso ela era quase da família… já que nos entrava casa adentro quase todos os dias a espalhar o seu talento e arte!… Portugal fica, sem sombra de dúvidas, mais pobre com o seu desaparecimento!… 

Ainda na quinta-feira, a UEFA decide que a Final da Champions League, entre Manchester City e Chelsea, se vai realizar no Estádio do Dragão, no Porto, a 29 de Maio de 2021. Uma boa noticia para os amantes de futebol, mas, sobretudo, uma demonstração de credibilidade das instituições do Futebol Nacional que assim recebe a final da maior prova europeia de clubes por dois anos consecutivos!

Na sexta-feira a DGS reporta o quarto dia sem mortes por COVID-19 desde que se iniciou o processo de desconfinamento! Para além disso os dois indicadores epidemiológicos continuam a cair1… 

No mesmo dia ficamos a saber pela sondagem do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (Cesop) da Universidade Católica para a “RTP” e para o jornal “Público” que cerca de 25% dos portugueses viram os seus rendimentos afetados negativamente pela pandemia… uma percentagem que não surpreende, mas que confirma a necessidade de tudo fazer para que a economia possa recuperar o mais rapidamente possível!

Ainda na sexta-feira, é aprovado na Assembleia da Republica um projecto-lei, apresentado pelo PS, que consagra o “direito ao esquecimento“, impedindo que pessoas que tenham superado doenças graves, como cancro, sejam discriminadas no acesso ao crédito ou seguros. Aplausos, Srs. Deputados!… mas, já agora, porque não vamos mais longe?… Porque não legislamos para que se acabem com todas as discriminações decorrentes da forma como é decidida a aceitação (ou não aceitação) de vários tipos de seguros assim como os respectivos prémios?… Fica a sugestão!

Finalmente, sexta-feira, ficamos ainda a conhecer o relatório síntese do Tribunal de Contas sobre as Parcerias Público-Privadas (PPP) na saúde2. Sendo que o mesmo conclui que não apenas estas parcerias se encontram plenamente integradas no Serviço Nacional de Saúde como geraram uma poupança de cerca de 203 milhões de Euros para o Estado Português!… No que diz respeito à qualidade o relatório também é claro, atribuindo uma avaliação positiva tanto ao nível da gestão como ao nível do serviço prestado aos utentes!…

Pode ser que agora, alguns políticos tenham um pouco mais vergonha antes de mentirem sobre estas parcerias!… 

Sábado foi, novamente, ultrapassado o recorde de número de vacinas administradas num só dia com 129 mil pessoas a receberem uma das duas doses da vacina contra a COVID-19.

Entretanto o Sindicato dos Oficiais da PSP, vem a publico garantir que o município Lisboeta havia sido “redundantemente alertado” para a necessidade de recusar a colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade… A Autarquia, por seu lado, alega que o email terá andado “perdido no circuito interno”!… E não tiveram vergonha de alegar isto mesmo!!! 

No Domingo ficamos a saber que a Câmara Municipal do Porto recusou hastear a bandeira LGBTI no Dia Internacional Contra a Homofobia!… A autarquia justifica a decisão num regulamento do município que dita a necessidade de licenciamento de “todas as demais ocupações do espaço público” que não correspondam “à sua normal utilização”!… Pois a mim parece-me que a autarquia Portuense faz mal ao escudar-se em argumentos formais, para recusar algo que não deveria, de forma nenhuma recusar!… O combate ao preconceito faz-se de muitas formas, e as instituições publicas não se podem colocar de fora desta contenda! 

Entretanto, um estudo publicado pelo Instituto Nacional de Saúde de Itália demonstra que o risco de hospitalização ou morte por covid-19 diminui 90% a 95%, respectivamente, passados 35 dias sobre o início da vacinação. Mais uma confirmação de que são as vacinas a solução para a crise sanitária que estamos a viver! 

No balanço semanal da pandemia vemos que a semana fechou com uma subida no número total de infectados activos, assim como de doentes internados… numa tendência que teremos de acompanhar nos próximos dias!… Apesar disto a incidência continua a cair, sendo agora de 50,3 casos por 100 mil habitantes (vs 57,7 na semana anterior), assim como se mantém abaixo de 1 o famoso índice de transmissibilidade (R(t)=0,95)3

Continuamos, pois, no quadrante verde pelo que mantemos razões para estarmos optimistas!

Gostou do que leu? Então, ajude-me a crescer seguindo este Blog e partilhando nas redes sociais!

#SemanaEmVooPicado; #PoliticaPortugal; #ActualidadePolitica; #SociedadePortugal; #DemocraciaParticipativa

  1. https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2021/05/438_DGS_boletim_20210514.pdf
  2. https://www.tcontas.pt/pt-pt/MenuSecundario/Noticias/Pages/n20210514-1.aspx
  3. https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2021/05/440_DGS_boletim_20210516.pdf

Publicado por Hugo Barbosa

Empenhado em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrei!

One thought on “A Semana em voo picado: Negócios a subir… COVID a baixar… e um adeus?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: