A Semana em voo picado: Precisamos de estratégia e foco para não morrermos nem da doença nem da cura!

Photo by visuals on Unsplash

Na segunda-feira é conhecida a nova sondagem da intercampus, que revela uma derrapagem do Partido Socialista com correspondente subida de quase todos os restantes partidos. Assim, esta sondagem atribui ao PS 34,6% das intenções de voto dos portugueses, menos 3.3 pontos em comparação com a última sondagem realizada em Maio. Apesar disto o PSD, com 22,4% das intenções de voto, parece não demonstrar capacidade para capitalizar nesta descida do partido no poder. Os culpados para esta falta de performance do PSD parecem ser a Iniciativa liberal que regista 6,4% das intenções de voto e o Chega que consolida a terceira posição acima dos 10%!… Me parece que Rio terá mesmo de fazer “prova de vida” nas autárquicas caso contrário dificilmente se segurará na liderança do partido!

Entretanto alguns especialistas alertam para a possibilidade de voltarmos a viver um pesadelo semelhante ao que vivemos em Pedrógão Grande em Junho de 2017. Surpreendidos? Eu não!!!

Na terça-feira, o JN divulga os cálculos efectuados por Óscar Gaspar, da faculdade de Ciencias do Porto, mostrando que o pico da quarta vaga poderá chegar mais ou menos dentro de um mês com cerca de 2 mil casos por dia. No mesmo trabalho este especialista prevê que nessa altura o número de internados deverá estar nos 500 doentes em enfermaria e 150 em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Ora, a divulgação destes dados é importante por um lado porque nos ajuda a perceber que ainda estamos numa fase de crescimento da pandemia e que, por isso mesmo, precisamos de ter cuidado!… Justificam-se assim as últimas medidas do governo assim como o pré-anuncio de que não avançaremos no plano de desconfinamento!… No entanto estes dados também nos confirmam uma mudança no perfil deste crescimento… já que nem os internamentos em enfermaria nem em UCI parecem evoluir de forma proporcional com o número de infectados!… E isto é importante porque confirma o impacto da vacinação, mas, sobretudo, permite pensar que é possível uma estratégia mais dirigida e menos cega… a ver o que faz o governo e as autoridades de saúde!

No plano internacional sabemos, através de um livro assinado por dois jornalistas do Washington Post, que Donald Trump terá sugerido, no início da pandemia, enviar norte-americanos infectados com COVID19, que regressavam da Asia, para a base de Guantanamo!… Pois, de cada vez que eu penso que Trump já não me pode surpreender, eis que ele aparece com mais alguma! E ainda há pessoas que gostam deste individuo… e ainda há pessoas que votam em fotocópias deste individuo!… Não compreendo!

Na quarta-feira o Vice-Almirante Henrique Gouveia e Melo alerta que os, constantes, atrasos na entrega de vacinas poderão colocar em causa a meta dos 70% de população vacinada com a primeira dose a 8 de agosto. O responsável pela task force de vacinação contra a COVID-19 explicou, ainda, que se está a vacinar a um ritmo de 100 mil pessoas por dia, número que é possível esticar até aos 140 mil se se alargarem os horários… mas que isto só é possível se houver stock que o justifique.

Num outro tema o Governo Português decide ficar de fora de uma carta assinada por alguns estados-membro da União Europeia, criticando a famigerada lei Húngara discriminatória quando aos direitos da comunidade LGBTI. O executivo de António Costa justifica esta decisão pelo dever de neutralidade inerente à presidência da união… Não compro!… Não compro, e tenho vergonha que o meu governo não tenha tido a coragem de juntar a sua voz às vozes dos 13 países que assinaram a carta.

Na quinta-feira a Ministra da Saúde, Marta Temido, admite que os números da pandemia continuam a aumentar e que é possível que o Governo se venha a decidir por um travão no processo de desconfinamento. A ministra admite e eu acho que é inevitável… a ver vamos!

Entretanto Fernando Medina defende uma reavaliação dos critérios de risco uma vez que os mesmos foram definidos quando a vacinação era ainda relativamente incipiente. Tem alguma razão Medina… estamos hoje numa situação muito diferente da que estávamos há alguns meses… no entanto, mais do que rever os critérios de risco o foco deveria estar em determinar que medidas fazem sentido hoje, na situação que temos hoje!… Alargar os critérios não me parece ser a via que devamos seguir, mas antes buscar uma melhor adequação de medidas a uma realidade e a uma dinâmica pandémica muito diferente da observada em Março/Abril.

Ao fim do dia, no final do conselho de ministros chega a confirmação avançada por Marta Temido mais cedo… com o governo a aprovar a prorrogação da situação de Calamidade em todo o território até ao dia 11 de Julho, aprovando também um travão no processo de desconfinamento para todo o território nacional. Inevitável, pois!

Na sexta-feira, o Jornal de Notícias e o Expresso analisam o facto de alguns funcionários de lares terem recusado a vacina contra a COVID-19, coincidindo na conclusão de que os mesmos, ou os próprios lares, podem vir a ser acusados de homicídio por negligencia caso algum idoso venha a morrer após ter sido infectado dentro da instituição. Parece-me, pois, lógico que a não obrigatoriedade da vacinação não se aplique nas situações em que as obrigações de cuidado a elas se sobrepõe!

Entretanto sabemos que, á revelia das indicações da task force para a vacinação, foram vacinados, no Porto, mais de uma centena de jovens a partir dos 18 anos. Henrique Gouveia e Melo fala de um caso de desobediência e a directora do Agrupamento de Centros de Saúde Porto Oriental acaba suspensa. É muito revelador que estas situações tenham hoje consequências imediatas… parabéns senhor Vice-Almirante!

Ainda na sexta-feira as autoridades sanitárias da Alemanha decidem colocar Portugal na lista de destinos de risco… temos de baixar estes números com urgência!…

No sábado o Expresso conta-nos que alguns sites publicos estariam a fornecer à Google dados dos seus usuários. Não sou especialista em segurança de dados… mas pelo que li tratam-se, sobretudo, de dificuldades em lidar com este novo mundo de informação mais do que uma entrega consciente de dados pessoais a uma empresa privada!… Creio que continuaremos a ter algumas surpresas deste tipo mas devemos ser capazes de ir aprendendo com elas para que possamos tirar proveito do muito que estas tecnologias tem para nos oferecer mas de uma forma cada vez mais segura e transparente. 

Ainda no sábado, sabemos que a variante Delta do SARS-COVII se está a tornar dominante em Portugal, tendo atingido na região de Lisboa cerca de 70% dos casos!… Ora, sabendo que esta variante é consideravelmente mais contagiosa que as demais, não será difícil de prever que esta situação se alargará ao resto do país em poucas semanas!… Creio que haverá pouco a fazer para evitar esta escalada… para além de tudo fazermos para acelerar o processo de vacinação!… E neste ponto me parece que a União Europeia continua a não ser capaz de responder de acordo com o nível de urgência que necessitariamos de ter!

No Domingo a nossa Seleção Nacional de Futebol acaba a aventura Europeia num jogo impróprio para cardíacos contra a #1 do ranking da FIFA!… Não sou de vitórias morais… mas não creio que pudéssemos pedir mais aos nossos jogadores e selecionador!… Assim que o meu obrigado como português… fossemos nós tão competitivos em outras áreas como somos no futebol e não teríamos, com toda a certeza, metade dos problemas que temos hoje. 

Em relação à pandemia fechamos a semana no vermelho com uma incidência de 137,5 casos por 100 mil habitantes e um R(t) de 1,14!… Apesar disto continuamos em níveis aceitáveis de internamentos tanto em enfermaria como em UCI, assim como o número de mortes vem-se mantendo relativamente baixo… que possamos, pois, inverter a tendência de crescimento da pandemia e pode ser que passemos mais esta onda sem problemas de maior. Mas, para isso, precisamos de nos comportar!

Gostou do que leu? Então, ajude-me a crescer seguindo este Blog e partilhando nas redes sociais!

#SemanaEmVooPicado; #PoliticaPortugal; #ActualidadePolitica; #SociedadePortugal; #DemocraciaParticipativa

  1. https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2021/06/482_DGS_boletim_20210627.pdf

Publicado por Hugo Barbosa

Empenhado em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrei!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: