Autor Convidado: Joana Barbosa

O vidas sem Fronteiras

A saída de Portugal não foi fácil, adaptação a um novo país e uma nova realidade, a dedicação exclusiva às crianças e ao seu bem-estar mas hoje, especialmente hoje, sinto que valeu muito a pena.

Em Portugal trabalhava horas a fio numa empresa multinacional, adorava o que fazia e realizava-me muito, mas não tinha mais nenhuma atividade, nem conseguia acompanhar muito as crianças.

Quando cheguei à Suíça, após ultrapassada a adaptação surge a necessidade de me reinventar… Pensar o que gosto de fazer, que não tinha tido nunca oportunidade de pôr em prática, a questão principal foi : “Como posso ocupar o meu tempo e sentir-me realizada?”

Comecei com uma área que adoro, investimento imobiliário e dediquei-me a gerir investimentos efetuados em Portugal. Também passei pela fase que queria ser condutora de Uber de forma a melhorar o Francês e o Inglês, dediquei-me também e estudei um potencial negócio de passar camisas a ferro e fazer pasteis de massa tenra para vender.

Pensei em muitas formas de me reinventar, e esta é a grande palavra de ordem – REINVENÇÃO!

E foi numa reinvenção que nasceu esta Plataforma que agora é de todos nós. www.vidassemfronteiras.com .

Quando cheguei à Suíça com tantas questões, a grande maioria relacionada com os miúdos, já que emigrei com 3 filhos de 4, 2 anos e um pequeno de 3 meses. Fui percebendo que as respostas a essas questões apareciam nas conversas com portuguesas mais experientes nestas andanças, a Teresa e os portugueses com que me cruzei no início da estadia ajudaram-me tanto. 

Percebemos rapidamente que era essencial partilhar esta experiência de vida e proporcionar contactos entre as pessoas. Desafiei a Teresa a fazermos isso… Mas como fazê-lo?

Numa primeira fase pensamos em escrever um livro, mas não era bem isso que queríamos, queríamos um local mais dinâmico de partilha de experiências e contactos e mais rico em que todas as pessoas pudessem participar. 

Dia 4 de Dezembro de 2018 lançamos um site idealizado por nós em que cada uma começou a escrever sobre as suas próprias experiências. De seguida, entrevistamos as nossas amigas, gravámos as conversas e depois passávamos para a plataforma, esta tarefa ainda nos proporcionou uns pequenos almoços bem giros. 

Numa fase seguinte algumas das nossas amigas já escreviam e enviavam para nós. 

E há um dia que recebemos um contacto duma portuguesa que vivia na Irlanda, lembro-me de perguntar à Teresa se era amiga dela e nos surpreendermos por ser alguém que nenhuma de nós conhecia. Era a primeira pessoa a querer participar “livremente” no Vidas sem fronteiras.

Desde essa altura até agora passaram 3 anos…

O que é para mim o vidas sem fronteiras?

É um sonho tornado realidade… é a alegria de chegar a um novo país e ter o contacto de alguém para nos ajudar nas fases de adaptação, para nos aconselhar zonas para viver, escolas para os miúdos. É a alegria de ir tomar café com portuguesas que tinha acabado de conhecer aqui em Madrid e o Vidas Sem Fronteiras ser falado como uma grande mais valia e uma óptima fonte de informação e partilha, sem saberem que eu era uma das fundadoras. 

É a alegria de perceber que as nossas participantes se encontram, falam entre elas em Português, entreajudam-se e constroem uma amizade.

Em 2018 quando começamos a falar sobre a criação de qualquer coisa que ajudasse os portugueses quando mudam de país, estávamos longe de imaginar que seria possível construir uma plataforma com 70 participantes ativos , uns mais que outros como é lógico mas todos, sem excepção, com a mesma disponibilidade para ajudar quem decide emigrar e aventurar-se fora do nosso Portugal.

Desde a altura da criação até aos dias de hoje, fizemos um caminho tão e tão prazeroso. 

Em todas as conversas com os nossos participantes, sim porque fazemos questão de nos conhecermos e apresentarmos o projecto numa videochamada, saímos com uma sensação incrível, que conhecemos mais uma pessoa especial! Todas as conversas têm sido tão ricas e interessantes, a possibilidade de conhecer pessoas especiais com histórias incríveis é um privilégio para nós.

Entretanto já mudei da Suíça para a Polônia , onde estive por 1 ano e meio e agora acabei de me mudar para Madrid e qualquer sítio para onde vá, consigo manter o projeto vivo e usufruir dele. 

Hoje fui almoçar com uma das nossas participantes que está em Madrid, a Cristiana, não nos conhecíamos pessoalmente, mas a sensação foi de ir almoçar com uma amiga. É isso que sinto em relação a todos os participantes do vidas sem fronteiras. Conheço tanto deles através dos artigos que ficamos sempre muito ligados.

Vidas sem fronteiras é amizade, compreensão, conhecimento e partilha.

Um mundo completamente novo para mim e para a Teresa, mas acreditámos, desenhámos, implementámos e hoje enche-nos de orgulho termos conseguido concretizá-lo.

Se muitas vezes senti que andava ao reboque do meu marido, hoje sinto que ainda bem que isso aconteceu e que tive esta oportunidade de me dedicar ao que gosto, e de ter liberdade e disponibilidade para criar. 

E depois, depois é um vício e, entretanto, já vou iniciar um segundo projecto www.nomadtobe.com , que não tenho a certeza se vai dar resultado mas tenho a vontade de tentar e de mais uma vez entrar por áreas que não eram as minhas mas que as recebo e me dedico a elas com entusiasmo de quem tem o privilégio de criar.

Podemos fazer tudo o que nós quisermos, se acreditarmos e criarmos a oportunidade, o resto é trabalhar e aproveitar. 

Hoje, para além do acompanhamento que consigo dar aos meus filhos que não conseguia quando estava em Portugal, consigo passar-lhes a minha experiência, se um dia a vida nos desviar do nosso caminho devemos tentar receber e re-inventar-nos para a nova caminhada, com alegria, entusiasmo e foco nas vantagens desse caminho novo.

Não é todos os dias mas hoje: Sinto-me empoderada!

Joana Barbosa – Co-founder Vidassemfronteiras

Gostou do que leu? Então, ajude-me a crescer seguindo este Blog e partilhando nas redes sociais!

#SociedadePortugal #VidasSemFronteiras #MudarDeVida #Lifestyle

Publicado por Hugo Barbosa

Empenhado em deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrei!

3 opiniões sobre “Autor Convidado: Joana Barbosa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: