Preços dos combustíveis: perdes tu para perder eu!

O tema “Preços dos combustíveis” é um assunto quente e bastante recorrente em Portugal…  E bem!…  Bem porque… o custo com combustíveis tem influência directa nos orçamentos familiares… Bem porque… o custo dos combustíveis tem influência directa nos custos das empresas… E bem porque… os Portugueses pagam bem mais do que deviam para atestarem asContinue a ler “Preços dos combustíveis: perdes tu para perder eu!”

A Semana em voo picado: todos à espera de terça-feira?!

Na Segunda-feira os ingleses vivem o seu “Dia da Liberdade”!… O dia em que em algumas das medidas mais restritivas, com que temos vivido os últimos anos, deixam de ser obrigatórias para os súbditos de sua majestade. Assim, para além das máscaras deixarem de ser obrigatórias, terminam também as regras de distanciamento social e osContinue a ler “A Semana em voo picado: todos à espera de terça-feira?!”

Estou de Férias?

Estou de Férias! Estou de férias e avanço para o texto desta semana sem fazer a mínima ideia sobre o que vou escrever! Creio que é um bom sinal! Raramente escolho os temas dos meus textos de quinta-feira!… É, quase sempre, a actualidade que me atropela e, com isso, me poupa ao trabalho de terContinue a ler “Estou de Férias?”

A Semana em voo picado: endémica ou pandémica, eis a questão?!

Na segunda-feira Graça Freitas revela, em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, que apenas 0,1% das pessoas com vacinação complecta, contraíram o vírus SARS-COVII, numa mensagem de confiança na eficácia das mesmas. Assim, a Directora-Geral da Saúde, acredita que já a partir de setembro será possível começar a retirar algumas das restrições paraContinue a ler “A Semana em voo picado: endémica ou pandémica, eis a questão?!”

Pode a normalidade bater à nossa porta?

Esta semana, enquanto via as inúmeras fotos de amigos e conhecidos a receberem a segunda dose da vacina contra a COVID19, dei por mim a pensar que estamos a viver um momento histórico! E é curioso que o estejamos a viver desde há vários meses, mas nunca, como agora, o senti de forma tão profundaContinue a ler “Pode a normalidade bater à nossa porta?”

A Semana em voo picado: Não foi azar, não senhor!

Na segunda-feira os portugueses são brindados com mais um aumento de combustíveis… desta vez o aumento foi 1 cêntimo no preço da gasolina. As razões apontadas são mais uma vez a subida do preço do petróleo!… Só que não!… Ou melhor… só que a subida do preço do petróleo, não chega para explicar os preçosContinue a ler “A Semana em voo picado: Não foi azar, não senhor!”

Nem mas… nem meio mas!

Em Portugal existe uma instituição linguística que compreende, e corporiza, uma parte do nosso atraso enquanto sociedade: o “mas”! É verdade, nós portugueses, utilizamos o “mas” para temperar a realidade com novas camadas, capazes de confundir o bem com o mal… ou melhor… de os colocar numa dialética que relativiza um para potenciar o outro.Continue a ler “Nem mas… nem meio mas!”

A Semana em voo picado: um verão difícil e imunidade de grupo para setembro!

Na segunda-feira o Jornal de Notícias conta-nos sobre um aumento do número de pessoas que não comparecem para a vacinação. A Task force apela para que se cumpra o esquema vacinal como proposto pela DGS e explica que durante o período de férias permitirá que as pessoas se vacinem noutro centro de vacinação sem marcaçãoContinue a ler “A Semana em voo picado: um verão difícil e imunidade de grupo para setembro!”

A Semana em voo picado: Precisamos de estratégia e foco para não morrermos nem da doença nem da cura!

Na segunda-feira é conhecida a nova sondagem da intercampus, que revela uma derrapagem do Partido Socialista com correspondente subida de quase todos os restantes partidos. Assim, esta sondagem atribui ao PS 34,6% das intenções de voto dos portugueses, menos 3.3 pontos em comparação com a última sondagem realizada em Maio. Apesar disto o PSD, comContinue a ler “A Semana em voo picado: Precisamos de estratégia e foco para não morrermos nem da doença nem da cura!”

Troika e Destroika… e onde ficamos?

Nas últimas semanas temos vindo a assistir a uma espécie de dança política entre o Governo, os partidos à sua esquerda e o Governador do banco de Portugal, Mário Centeno. O tópico é o código do trabalho e a vontade, do PCP e do Bloco, de reverterem todas as medidas implementadas aquando da intervenção daContinue a ler “Troika e Destroika… e onde ficamos?”